Cronograma Capilar: Já ouviu falar?

Hoje vim falar pra vocês a respeito do cronograma capilar, o básico que você precisa saber para iniciar o seu, e algumas dicas e opiniões baseadas no que eu fui sentindo ao longo do tempo que eu venho fazendo (um pouco mais de um ano).


O meu cabelo é virgem, nada de alisamento ou tintura, então a ideia no meu caso, foi repor os nutrientes para auxiliar no crescimento capilar, porém o cronograma serve (e MUITO) para cabelos danificados, para que eles possam se recuperar da química usada nele.
O mais importante a saber é que o cronograma segue três etapas, cada cabelo precisa de uma etapa mais que a outra, mas isso só vamos descobrir depois de um tempo fazendo o cronograma e observando como seu cabelo reage a cada etapa. Para ajudar, vou dar uma explicada sobre qual a função de cada etapa e os produtos que eu uso (ou já usei) em cada uma delas.

Hidratação: A hidratação serve basicamente para repor a água dos fios, trazendo maciez e suavidade. Se seu cabelo está seco, sem brilho, sem movimento, ele precisa de hidratação.

Mas, Mari, como saber quais máscaras são para hidratação?
Os principais ingredientes de máscara para hidratação são:


As máscaras de hidratação que eu uso ou já usei, são essas:


As minhas preferidas são a número 1 da Tresemmé, que desmaia meu cabelo, e a número 5 da Head & Shoulders, uma notícia triste é que ela está saindo de linha, então é BEM difícil encontrar, mas caso vocês achem por aí, nos avise e comprem! A detox, também da Tresemmé eu uso, porém batizada com outros ingredientes (nesse post falo mais sobre o assunto, mas deem uma olhada também no post sobre Hidratação de Amido de Milho). A de mandioca da Haskell eu não gostei, o que me chateou muito, já que os comentários sobre ela eram ótimos, e a da Acquaflora foi boa, mas nada espetacular. A Crece Pelo é bem famosinha quando o assunto é crescimento capilar, e eu acho ela ótima também para hidratar.

Nutrição: A nutrição alimenta os fios devolvendo lipídios para eles, é a responsável pela oleosidade do cabelo, logo, os ingredientes mais potentes da nutrição são os óleos vegetais. Se seu cabelo está com muito frizz, sem balanço e com muito volume ele precisa de nutrição. Os ingredientes dessa etapa são:


Os produtos que eu uso nessa etapa são:


A umectação da Lola é super versátil, tem várias formas de usar, mas ela pesa demais se você quiser usar como umectação, já ouvi várias meninas falando que é um sufoco de tirar do cabelo, porém eu uso no pré-shampoo. Com o cabelo sujo, passo nas pontas, deixo pelo menos uma hora e depois lavo o cabelo normalmente. É o fim das pontas feias! O óleo de coco é usado ou para umectar (post falando sobre isso AQUI), ou pode ser usado juntamente com alguma outra máscara e assim melhorar o resultado da mesma. A máscara da Bioextratus é muito bem falada, mas para mim não fez TANTO efeito assim, é boa, mas nada de extraordinário, assim como a da Dove.

Reconstrução: A reconstrução repõe as proteínas (massa e queratina) dos fios. Cabelo com muita química, poroso, quebradiço, precisa de reconstrução. Importante lembrar que a reconstrução não deixa os fios brilhantes e sedosos, ela só repõe a massa capilar. Cabelos sem química devem fazer pouca reconstrução (no máximo uma ao mês).
Os ingredientes dessa etapa são:


Os produtos que eu uso são:

Como eu disse, por meu cabelo ter pouca química, faço pouca reconstrução, daí o porquê de ter poucos produtos. Essa máscara da L'oréal é minha paixão. Muita gente usa como nutrição, pois é uma reconstrução fraca, mas como meu cabelo não precisa de nada forte, ela é o suficiente para repor a massa. A queratina da Niely é bem prática, dá pra ser usada sozinha, como manda a embalagem, ou você pode misturar com uma máscara de hidratação e usar como reconstrução. Recomendo também!

No inicio é bom seguir o cronograma oficial e depois ir adequando ao seu cabelo. Eu, por exemplo, faço alguma etapa só uma ou no máximo 2 vezes na semana, pois, como já disse, meu cabelo é totalmente se química, e fazer muita hidratação, ou nutrição ou reconstrução acaba dando efeitos contrários. Então, aqui não se aplica a regra que nunca é demais, já que, por exemplo, reconstrução demais deixa o cabelo opaco e espigado, nutrição em excesso pode deixar ele muito oleoso, e assim vai. O importante é ir conhecendo seu cabelo.
Para começar use o cronograma abaixo:


Ah Mari, mas eu não lavo o cabelo 3 vezes na semana, só 2, como faço? Não tem importância, siga a ordem das etapas do cronograma. Se você só lava o cabelo de terça e sábado, por exemplo, na terça faz uma H, no sábado H de novo e na próxima terça uma N, e assim vai.

Ah, para ajudar, tem um grupo no Facebook de Cronograma Capilar, dá uma olhada por lá que o pessoal me ajudou muito no começo. E qualquer dúvida, se eu puder ajudar, estou a disposição.
Grande beijo!


Projetado pelo Freepik

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...